Sexta-feira, 16 de Maio de 2008

An Deiner Seite - Cap 26

Oláa meus amores!! ^^

 

Que saudades que eu tinha de postar mais um capitulo! Hoje é sexta-feira, [ jura? --' ] e eu estou felicissima porque já me livrei de dois trabalhos horriveis! Agora só tenho de fazer uma maquete gigantesca e estudar para duas frequencias horriveis... Okay, só de dizer isto já me estou a sentir mal outra vez. :x

 

Entretanto, chatei-me com o contador de visitas do blog e mandei-o dar uma curva, visto que ele deixou de funcionar... Acho que este blog precisa de cor, sei lá... Algo mais animado. Mas agora não tenho tempo, talvez nas férias modifique algumas coisas [ bastantes! ]

 

Passando ao que interessa!

Enjoy! ^^

 

* * *

 

A Alana tinha os olhos dela esbugalhados e presos nos meus, num olhar completamente incrédulo. Estávamos as duas sentadas na cama do meu quarto e eu já lhe tinha contado tudo… Desde a verdadeira identidade daqueles meus quatro amigos da Alemanha, até aos sentimentos tão fortes que eu ainda tinha pelo Tom.
 
“Eu não consigo acreditar, Emi…” Gaguejou ela com um sorriso surpreso enquanto tentava respirar. “Então aquele Tom” E apontou para a minha guitarra que estava colocada num apoio, mesmo ao lado da minha cama, “É o Tom… «O» Tom Kaulitz?!”
 
Eu acenei positivamente com a cabeça sem conseguir olhá-la nos olhos, e levantei-me da cama para ir buscar um livro. Uma lágrima escorreu-me pelo rosto quando o retirei da prateleira, tinha sido uma das poucas coisas que tinha trazido comigo da Alemanha… E continha o meu maior tesouro.
 
Sentei-me novamente e abri o livro, lá dentro estavam dezenas de fotografias minhas com o Tom, o Bill, o Georg e o Gustav. A Alana começou a remexer nelas como uma louca.
 
“Emi… Oh meu deus, Emi! Eu não acredito!” E depois começou largar gargalhadas e a saltar, “A minha melhor amiga foi amiga dos Tokio Hotel!... Emi, Isto é surreal!”
 
Olhei para ela e as lágrimas começaram a cair sem que eu conseguisse controlá-las. Enterrei a minha cabeça nas minhas mãos e desejei desaparecer… Imediatamente senti o abraço quente e carinhoso da Alana.
 
“Desculpa, linda…” Murmurou ela ao meu ouvido enquanto me acariciava os cabelos. “Desculpa, eu não queria…”
 
Eu abracei-a também, já a tinha desculpado. “Eu não consigo esquecê-lo, Alie. Por mais que eu queira, eu não consigo…”
 
“O Jared sabe?” Perguntou ela com muito cuidado, como se temesse a minha reacção.
 
Eu senti-me uma pessoa horrível quando estava a tentar responder-lhe. Tinha um gosto amargo na boca e um aperto na garganta, “Ele sabe de tudo… tudo, Alie. Ele sabe que o que eu sinto por ele nunca foi maior do que aquilo que eu sempre senti pelo Tom. E ainda por cima ele ajudou-me bastante quando eu descobri no que o Tom se tinha tornado…”
 
“E mesmo assim ele continua a namorar contigo?” Perguntou-me ela um pouco surpreendida.
 
Custou-me muito responder-lhe, os remorsos quase me sufocavam. “O Jared ama-me, Alie.”
 
Ela abraçou-me com mais força, então eu enchi o peito de ar e continuei. “Eu prometi ao Jared e a mim mesma que nunca mais ia procurar pelo Tom… Acontecesse o que acontecesse, nunca iria tentar entrar em contacto com ele. Prometi-lhe que ia usar todas as minhas forças para o esquecer… Eu gosto muito do Jared, não o amo, mas o carinho que tenho por ele é gigantesco. Não quero magoá-lo por nada deste mundo…” A minha voz faltou-me, mas a Alana continuou por mim.
 
“Por isso não queres ir ao concerto… Não é, Emi?”
 
Eu acenei positivamente e dei-lhe as minhas mãos. Pode parecer idiota, mas eu queria um abraço da minha mãe. Não que o abraço da Alie não fosse suficientemente reconfortante, mas eu queria o colo da minha mãe, para poder esquecer esta confusão.
 
Não precisámos de dizer mais nada. Eu deitei-me na minha cama, a Alana sentou-se perto da minha cabeça, e continuou a embalar-me carinhosamente. Pelos vistos hoje não íamos às aulas.
 
A cama estava coberta por fotografias, e por coincidência, mesmo à minha frente estava a minha fotografia preferida. Estávamos lá os cinco. O Tom e o Georg estavam a tentar pegar-me ao colo, enquanto o Bill me fazia cócegas e o Gustav se esforçava por aparecer na fotografia também. Os cinco ríamos que nem loucos, foi um dos dias mais felizes da minha vida.
 
Peguei na fotografia e mostrei-a à Alana. Ela pegou nela e começou a rir-se, “Devem ter sido tempos espectaculares…”
 
Eu quis dizer que sim com a cabeça, mas nem sequer tive coragem. “Tenho saudades deles…” Deixei escapar num murmúrio. De repente a Alana ficou muito séria a olhar para mim.
 
“Que foi?” Perguntei-lhe um pouco assustada.
 
Ela respirou fundo, e fechou os olhos por um momento, como se procurasse as palavras correctas. E depois olhou-me nos olhos com muita seriedade, “Linda, não leves isto a mal, mas eu acho que devias procurá-los.”
 
Erm… Não era suposto ela dizer-me para eu os esquecer, e dedicar a minha vida a fazer o Jared feliz? Estou confusa! E ela percebeu isso, portanto continuou:
 
“A mim parece-me que até voltares a estar com eles vais sentir-te sempre assim: mal, arrependida, cheia de remorsos… Precisas de estar com o Tom, Emi, precisas de saber onde está a tua felicidade...”
 
Eu sentei-me muito direita a olhar para ela, “A minha felicidade está aqui, Alie! Aqui! No Concervatório de Teatro, nesta casa, contigo, com o Jared, com a minha família, com os nossos concertos… Esta foi a vida que eu escolhi ao sair da Alemanha, é assim que eu me sinto feliz.”
 
Ela lançou-me um sorriso triste, “Então porque é que estás a chorar agarrada às lembranças do passado?”
 
Oh, eu odeio como esta rapariga tem sempre razão! E o pior é que só me apercebi disto agora. Tive vontade de me agarrar ao telefone e ligar para o Tom, vontade de largar tudo e ir ter com ele… Calma, não sejas demente Emily Wolff, isto é uma loucura!
 
“Não é assim tão fácil, Alie…” Comecei a alegar muito depressa, com o nervosismo à flor da pele, “Eu não posso simplesmente cagar para o Jared, que me ama e faria tudo por mim, para ir atrás do Tom, que por sinal agora come tudo o que tem saias e respira!”
 
A Alana olhou fundo nos meus olhos, “De certeza que o Tom não era assim antes…” Era verdade... Ele antes era respeitador e sensível, “Isto pode ser só uma fachada, Emi, uma estratégia de defesa… Só precisas de falar com ele para saber a verdade. Falar só mais nada.”
 
“Eu não sei, Alie… Tenho medo.”
 
“Medo de te arrependeres de ter quebrado contacto com ele?… Medo de perceberes que o que queres realmente é ficar com ele?” Inquiriu-me ela, e eu senti mais uma lágrima escorrer-me pelo rosto. Nem sequer tive coragem de dizer que sim, que tinha medo de tudo isso.
 
“E o Jared, Alie… Como é que ele fica no meio de tudo isto?” Perguntei-lhe em pânico.
 
“Ele ama-te, Emi, ele vai querer que sejas feliz…” Eu não lhe respondi, sabia perfeitamente que ela estava certa. Então a Alana continuou, “Prometes que vais pensar à cerca do concerto?”
 
Tive de me rir. Num momento estamos a falar de uma coisa serissima e no outro está a insistir para eu ir com ela ao concerto. “Mas o que é que uma coisa tem a ver com a outra?”
 
“Confia em mim, linda. Tem tudo a ver.” Respondeu-me ela com um sorriso de orelha a orelha.
 
Isto é tão difícil para mim, mas aceitei o desafio, “Eu prometo que vou pensar no assunto, linda.”
 
Ela sorriu vitoriosa, como se tivesse ganho a lotaria e depois pegou na tal fotografia e focou-a durante uns minutos. Mas que raios estava ela a planear dentro daquela cabeça?
 
* * *
 
PLIM!
Continua...
 
Comentem amores, Comentem! Todos os comentários são benvindos! E eu quero MUITOS! ^^
 
Loads of Kisses Everyone! x)

 

 

sinto-me: Cansada à brava :x
música: The Corrs - Only When I Sleep ^^
publicado por Dreamer às 17:50
link do post | comentar | favorito
26 comentários:
De scorpion flower ♥ a 16 de Maio de 2008 às 19:42
amei amei amei amei tá msm linda ai eu tou a ver a Emi e o Tom a juntarem-se outra vez aiiiiiiiiiiiiiiiii k lindaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

kero mais sim???
De mia a 16 de Maio de 2008 às 19:53
YEY! FIC (L)

qero ver o qe vem por aí xD

MAIS, sim?!
De 'nez a 16 de Maio de 2008 às 19:56
Depois de tanto tempo sem postar, podes postar mias uns cap. hoje!!!

Eu tou completamente viciada na tua Fic!!

Quero mais!!!!!!
De Bitter - Sweeter a 16 de Maio de 2008 às 19:59
Uuuuhhh. O que vai naquela cabeça?!
Até estou com medo.


O Tom, coise... Pois, eles ainda se ama!

<3
De Bitter - Sweeter a 16 de Maio de 2008 às 20:01
Viciei nesta fic.
Preciso de mais.
De Bitter - Sweeter a 16 de Maio de 2008 às 20:03
Mais um rapidinho!

Primeiro os capitulos,
só depois os estudos^^
[era bom era]

Kiss <3
De Sofia Oliveira a 16 de Maio de 2008 às 20:12
gostei, gostei..

estou a gostar tanto..

eu queria tanto que ela encontrasse de novo o Tom..
eles precisam um do outro e tenho a certeza que o Tom não se esqueceu a Emi.. tenho sim..

eles os dois tem que ficar juntos..
juntos e juntos..
e se ela não ama o Jared porque é que ela não vai ter com Tom?
ela ama o Tom..

bjus

e quero mais..
anda-la..
pesso-te que comentes mais.

bjus
De akelakamaosth a 16 de Maio de 2008 às 20:43
amei kero mais pleaseeeeeeeeeeee
De spark a 16 de Maio de 2008 às 21:17
Awww...


Ela vai ao concerto!!!


Ela vai ver o Tom!!!






[ ah ah.. tu não tás em casa vou'te encher de coments.. x'DD ]



{ kissäum }
De Sássára a 16 de Maio de 2008 às 21:41


A sério ... Não tenho palavras para descrever esta fic , simplesmente adoro-a ! É tão profunda *.*

Beijinho @

Comentar post

Dreamer @ 02-04-2008

.mais sobre mim

.links

.Junho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.mais comentados

.Follow me :D

. Don't Stop! - Chap 2

. Don't Stop! - Chap 1

. Wake up sleepy head !

. "Forever Sacred" - Chap 2...

. "Forever Sacred" - Chap 1...

. "Forever Sacred" - Chap 1...

. "Forever Sacred" - Chap 1...

. "Forever Sacred" - Chap 1...

. "Forever Sacred" - Chap 1...

. "Forever Sacred" - Chap 1...

. "Forever Sacred" - Chap 1...

. "Forever Sacred" - Chap 1...

. "Forever Sacred" - Chap 1...

. "Forever Sacred" - Chap 1...

. "Forever Sacred" - Resumo...